Cidades Turísticas em São Paulo, que tal conhecer São Bento do Sapucaí?

postado em: Brasil | 9
2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 LinkedIn 2 Google+ 0 Filament.io 2 Flares ×

Uma das cidades turísticas do Estado de São Paulo, com seus pouco mais de 10.000 habitantes, está localizada na Serra da Mantiqueira. Rodeada por montanhas e muito verde.

Estância turística com muitas atividades ao ar livre e próxima de lugares tão lindos quanto ela.

Cidades Turísticas – São Bento do Sapucaí

O turismo em São Bento do Sapucaí se baseia em trilhas, escaladas e visitas a cachoeiras. Mas é possível fazer passeios pela cidadezinha tranquila e conhecer alguns pontos dentro da cidade também.

São Bento do Sapucaí - Cidades Turísticas
São Bento do Sapucaí – Cidades Turísticas

Roteiro por São Bento do Sapucaí

Ficamos quatro dias na cidade, na virada de 2017. Fizemos alguns passeios pelas montanhas e cachoeiras e também nas cidades turísticas vizinhas Gonçalves – MG e Campos do Jordão.

1º dia em São Bento do Sapucaí

Chegamos pela hora do almoço na cidade, tínhamos marcado um passeio em Gonçalves para este dia.

Fizemos o checkin na pousada e rumamos para Gonçalves, uma cidadezinha que fica a 28 quilômetros de distância de São Bento do Sapucaí.

Fizemos a Trilha das Bromélias. A única empresa que faz este passeio é a Mantiqueira Tur. Somente eles têm permissão para entrar na propriedade onde estão as cachoeiras.

Iniciamos o passeio as 14h30, que tem duração de 3 horas entre a saída da agência, o passeio em si e a volta. O valor do passeio foi R$ 40,00 por pessoa. Endereço da agência é Avenida Francisco Tertuliano Ribeiro, 165, é a rua de entrada da cidade. É bom agendar os passeios antecipadamente.

A trilha é fácil de percorrer, há várias quedas d’água pelo caminho, várias espécies de bromélias e muitas árvores. Quase toda a caminhada é feita na sombra.

Numa parte da trilha é possível entrar na água para se refrescar, a água é bem gelada. No local também há um lavandário bem perfumado. A trilha é bem tranquila de fazer, tem algumas descidas e subidas, mas nada demais.

O pessoal da agência é muito simpático, quem nos acompanhou no passeio foi a Taynara, que é bióloga e nos deu uma aula sobre as plantas que encontramos pelo caminho.

Trilha das Bromélias - Cidades Turísticas
Trilha das Bromélias – Cidades Turísticas
2º dia em São Bento do Sapucaí

Logo cedo tomamos nosso café na pousada e fomos para nosso passeio, Trilha da Ana Chata. Este passeio fizemos com a empresa Rotas e Rochas. Esta empresa fica na Avenida Sebastião de Mello Mendes, 165, em São Bento do Sapucaí. Este passeio custou R$ 100,00 por pessoa e tem duração de 5 a 6 horas.

Partimos da agência as 10h00. Parte do caminho é feito com o carro do cliente. Pegamos a estrada do Paiol Grande, desviamos para a estrada Chico Bento até hospedagem Clorofila. Deixamos o carro estacionado ali, e começamos a subida.

A subida é bem íngreme, passamos por um campo, e fomos subindo. No caminho vimos várias espécies de plantas, aves e borboletas. Além de ter uma vista maravilhosa da região.

Parte da subida é a céu aberto, mas a maior parte do caminho é no meio das árvores, o que ajuda muito. Eu não estava com um preparo físico muito bom, então, foi um pouco mais dificil de subir, mas foi muito bom.

Após subirmos por fora da montanha, chegamos a um trecho onde entramos em uma pequena caverna por onde subimos com equipamento de segurança  É uma caverna estreita e um pouco escura.

Pedra da Ana Chata - Cidades Turísticas
Pedra da Ana Chata – Cidades Turísticas
Chegada ao Topo e descida

Depois de atravessar a caverna, passamos por fora de uma grande rocha, onde há uma “escada de ferro” onde passamos meio que pendurados na rocha. Dá um pouco de medo, mas valeu a pena.

Passando por esta pequena aventura, chegamos ao topo da Pedra da Ana Chata, que fica ao lado da Pedra do Baú. A vista lá de cima é espetacular, valeu cada centímetro de subida.

Para este passeio leve lanches e bastante água. A caminhada exige hidratação e não há onde comer por lá.

Na descida cortamos caminho por uma trilha, é uma descida bem íngreme, você praticamente desce correndo, mas economiza uma boa caminhada. Tome muito cuidado nesta descida, a terra solta no caminho é escorregadia.

Não aconselho fazer este passeio sem o acompanhamento de uma empresa especializada, a não ser que você tenha conhecimentos em escalada.

Vista da Pedra Ana Chata
Vista da Pedra Ana Chata
2º parte do 2º dia em São Bento do Sapucaí

Quando retornamos, rumamos para conhecer as cachoeiras dos Amores e Encantada. Que ficam na estrada do Paiol Grande, há placas indicando a saída para as cachoeiras. A Primeira, cachoeira dos Amores tinha muitos visitantes. Apreciamos a vista e fomos para a cachoeira Encantada.

A cachoeira Encantada fica um pouco depois da cachoeira dos Amores, mas no mesmo espaço. Basta seguir uma trilha no final da cachoeira dos amores, é uma trilha com uma subidinha. Você vai passar por uma pontezinha de metal, vá com os pés calçados, passar por esta ponde descalço doi muito os pés…rs

No final da trilha você encontrará a cachoeira Encantada, é bem mais tranquila.

Saímos destas cachoeiras e continuamos subindo a estrada do Paiol Grande até mais ou menos o quilometro 12, nesta altura você avistará um recuo na estrada e uma plataforma de observação.

Dali é possível avistar a Cachoeira Toldi, que também é muito bonita. É possível chegar ao poço onde se pode tomar um banho. O caminho é feito por uma trilha do lado direito da plataforma. Nós não fomos, pois já estávamos bem cansados da trilha anterior.

Cachoeira Encantada - São Bento do Sapucaí
Cachoeira Encantada – São Bento do Sapucaí
3º dia em São Bento do Sapucaí

Na parte da manhã decidimos turistar pela cidade. Neste passeio conhecemos alguns lugares interessantes.

Igreja Matriz: que fica na parte alta da cidade.

As Capelinhas de Mosaico: espalhadas pela cidade, são uma obra de arte diferente. Foram criadas devido a necessidade de dar destinação a imagens religiosas descartadas. A principal delas fica na Rua 13 de maio, 217, ao lado da casa de seu criador.

Capelinha de Mosaico - São Bento do Sapucaí
Capelinha de Mosaico – São Bento do Sapucaí

Mirante do Cruzeiro: de onde se tem uma bela vista da cidade. Para chegar até ele, siga pela rua em frente a igreja matriz. No final da rua entre a esquerda, e suba a rua com os quadros em mosaico das estações da via sacra.

Bairro do Quilombo: onde há um galpão com artesanatos (Arte no Quilombo) e ao lado a casa do artesão Ditinho Joana, famoso por suas esculturas em jacarandá. Durante a visita a casa de Ditinho Joana, ele contará a história de uma de suas esculturas. O endereço do Arte no Quilombo é Estrada Vereador Benedito Cândido Ribeiro, 4938.

Saímos do bairro do Quilombo e fomos até Gonçalves para conhecer um pouco da cidade. Mas sobre Gonçalves eu conto para vocês no próximo post.

A noite fomos para Campos do Jordão, como era véspera de ano novo, decidimos passar a virada em Campos. Jantamos no Baden Baden e ficamos na praça para ver os fogos. Mas como começou a chover, passamos a virada dentro do carro…rs. Vimos a queima de fogos tomamos um espumante e voltamos para São Bento do Sapucaí.

Campos do Jordão é mais uma das Cidades Turísticas de São Paulo, que fica próxima a São Bento. Neste post, falo um pouco sobre o que conhecer na cidade.

Arte no Quilombo - Bairro do Quilombo - São Bento do Sapucaí
Arte no Quilombo – Bairro do Quilombo – São Bento do Sapucaí
4º dia em São Bento do Sapucaí

Este era nosso último dia na cidade e tínhamos que pegar estrada para voltar a São Paulo.

Tínhamos reservado duas bicicletas para a manhã do domingo. Fizemos a reserva na Baú Ecoturismo. Cada bike alugamos por R$ 60,00 por um dia todo, apesar de ficarmos somente metade do dia com elas, foi mais vantajoso.

Pegamos as bikes as 9h00, saímos da agência onde nos deram as coordenadas para chegarmos até as duas cachoeiras, do Poção e do Tobogã.

Grande parte do trajeto é feito por ciclovia, é praticamente tudo plano, há apenas uma subida no último trecho para chegar a cachoeira do Tobogã, que é a última do caminho. Escolhemos ir até a cachoeira do Tobogã primeiro, já que era mais distante e teria a subida.

Cachoeira do Tobogã - São Bento do Sapucaí
Cachoeira do Tobogã – São Bento do Sapucaí

Ficamos um pouco perdidos para encontrar a cachoeira do Tobogã, pois ela fica fora da estrada e não há placas indicativas. Mas é o seguinte, quando terminar a subida de estrada de terra, vai ter uma descida, a cachoeira fica do seu lado esquerdo, logo no inicio da descida. É preciso passar as bikes por cima da cerca, na passagem “passa um” um vão em z na cerca.

Terá uma trilha que leva a cachoeira, é bem próximo da estrada.

Na volta paramos na cachoeira do poção, esta foi mais fácil encontrar tem uma placa em frente ao local de entrada, Também é necessário passar a bike por cima da cerca, na passagem “passa um”.

As duas cachoeiras são deliciosas, a do poção é maior e mais bonita. Depois de uma pedalada, foi muito bom tomar um banho na cachoeira para refrescar.

Cachoeira do Poção - São Bento do Sapucaí
Cachoeira do Poção – São Bento do Sapucaí
Retorno para casa

Retornamos para a pousada depois de despedir-nos de São Bento do Sapucaí, com um mergulho nas cachoeiras. Pegamos estrada  e voltamos para casa. São bento do Sapucaí está a 190 km de São Paulo.

Foi uma viagem simples, para uma das cidades turísticas próximas a São Paulo, mas que valeu muito a pena. Tem muito mais passeios de aventura para serem feitos na cidade. Nos links das agências deixados aqui, tem todas as opções de passeios.

Onde comer em São Bento do Sapucaí

Em São Bento do Sapucaí, uma das cidades turísticas de São Paulo, há muitos lugares para comer.

Segue algumas dicas de restaurantes que visitamos.

Pátio São Bento: este restaurante fica na Rua Pintora Adelaide de Azeredo Mello. A comida lá é muito bem preparada, o suco de frutas vermelhas e o de morango, são maravilhosos e o preço é muito bom. Servem pratos variados, pedimos um filé a parmegiana que estava divino.

Restaurante Pátio São Bento - São Bento do Sapucaí
Restaurante Pátio São Bento – São Bento do Sapucaí

Grão do Galo: este restaurante fica na Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 376. Servem pizzas, porções e pratos variados. O preço é razoável.

Cantina Tio Giuseppe: este restaurante fica na Rodovia Prefeito Benedito Gomes de Souza, 2215. Servem massas no sistema de sequencia com três tipos de massas. Você escolhe as massas e molhos que quer, e são servidos sequencialmente. A massa é maravilhosa e o local é bem diferente.

Cantina Tio Giuseppe - São Bento do Sapucaí
Cantina Tio Giuseppe – São Bento do Sapucaí

Sorveteria Saluê: o lugar é bem simples, mas o sorvete é muito bom e bem em conta, ela fica no canto da Praça Monsenhor Pedro do vale Monteiro, mais precisamente na Rua Dr. Rubião Jr., 472.

Esta foi nossa viagem para o final do ano de 2016. Um lugar super acolhedor e com uma paisagem natural espetacular.

Espero que estas dicas ajudem você a montar seu roteiro. São Bento do Sapucaí é uma das cidades turísticas próximas a São Paulo, e vale a pena a visita. Se tiver alguma dúvida sobre a cidade, ou tiver mais alguma dica, deixe seu comentário aqui embaixo, será um prazer responder. Até o próximo post.


Booking.com

2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 LinkedIn 2 Google+ 0 Filament.io 2 Flares ×
Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Sou Alessandra, uma pessoa apaixonada por viagens. Sou formada em Comércio Exterior e escrevo o blog De Cá Pra Lá desde 2014. Adoro ler e tirar fotos, principalmente das paisagens dos novos lugares que conheço. Seja bem vindo ao blog De Cá Pra Lá.

9 Respostas

  1. Bem legal conhecer opções fora do comum. Pelas fotos, o lugar é lindo. Adorei o post!

  2. Não conheço mas já me apaixonei. Que tranquilidade e paz cercados de natureza. Amei as dicas, relato e registros <3

  3. Uau, acredita que eu nunca havia escutado sobre São Bento e já adorei? Achei muito legal a dica dessa cidade e as fotos estão lindas. Parabéns

  4. Que delícia de passeios! Aproveitaram bastante esses 4 dias, hein?
    Lembro que subi a Ana Chata em uma viagem da escola, na 8ª série e amei! A Serra da Mantiqueira é maravilhosa!
    Obrigada por compartilhar!
    bjs

    • Oi Laura, aproveitamos muito mesmo.
      E daria para ficar mais uns dois dias e fazer vários outros passeios.
      A região é linda.

      Bjo.
      Alessandra.

Deixe uma resposta