São Luiz do Paraitinga, o que fazer em 1 dia de passeio

postado em: Brasil | 4
3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 3 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 3 Flares ×

Um dia destes, quando estava indo conhecer alguns lugares aqui em São Paulo, vi na TV do metrô,  a apresentação de uma cidadezinha chamada São Luiz do Paraitinga. As imagens eram muito bonitas e despertou minha curiosidade.

Como todo bom blogueiro de viagem, cheguei em casa e fui buscar informações sobre o lugar.

Ruazinha ao lado da Capela Nossa Sra. das Mercês
Ruazinha ao lado da Capela Nossa Sra. das Mercês

São Luiz do Paraitinga

A cidade fica na região do Vale do Paraíba, e é considerada uma das 29 Estâncias Turísticas de São Paulo.  São Luiz do Paraitinga é bem pequena. Com pouco mais de 10.300 habitantes, seu centro histórico é encantador.

Fica a aproximadamente 180 Km de São Paulo. Como não é tão próxima da capital, para um Bate e volta, fiz a programação para conhecer São Luiz do Paraitinga na viagem para Paraty, já que fica no caminho.

Eu e meu namorado saímos de São Paulo as 7h30 e chegamos a cidade às 10h20. Um dia somente de passeio não é suficiente para conhecer a cidade em detalhes. Apesar de ser bem pequena, há vários pontos interessantes para conhecer.

Minha estada na verdade foi somente uma passagem rápida. Mas deu pra ter uma amostra do que a cidade oferece e ficar com gostinho de quero mais.

Paramos em frente ao Mercado Municipal, e fomos dar uma caminhada pelo centro histórico. Com suas ruas de pedras e calçadas estreitas. Assim que saímos do Mercado Municipal, pela rua lateral, começamos a subir uma pequena ladeira  e então, ao olhar para o topo, me deparei com um cenário que me levou de volta no tempo. No final da ruazinha íngreme, a Igreja do Rosário, uma visão muito bonita.

Igreja do Rosário - São Luiz do Paraitinga
Igreja do Rosário – São Luiz do Paraitinga

 

Ao lado da Igreja do Rosário, algumas casinhas coloridas. Nelas funcionam alguns comércios de artesanato, doces e outras coisinhas típicas.

Lojinhas coloridas - São Luiz do Paraitinga
Lojinhas coloridas – São Luiz do Paraitinga

 

Descemos pela rua lateral esquerda da Igreja do Rosário. Então chegamos a Igreja Matriz, que já tínhamos avistado na chegada a cidade. Uma igreja imponente, muito bonita. Em frente a igreja uma praça, claro. Com um coreto e ao redor as casas em estilo colonial coloridas. Uma visão encantadora.

Igreja Matriz de São Luiz do Paraitinga
Igreja Matriz de São Luiz do Paraitinga

 

Seguimos pela rua em frente a igreja e entramos a direita. Logo estávamos novamente no Mercado Municipal. Não há segredo para andar por São Luiz do Paraitinga, os pontos do centro histórico são todos próximos e  tudo muito fácil de encontrar.

Praça da Igreja Matriz - São Luiz do Paraitinga
Praça da Igreja Matriz – São Luiz do Paraitinga

 

Casa do Centro Histórico de São Luiz do Paraitinga
Casa do Centro Histórico de São Luiz do Paraitinga

 

Passamos em frente ao Mercado e seguimos a rua, e demos de cara com a Igreja Nossa Senhora das Mercês. Bem simples e pequena, mas interessante, pois há uma pequena praça ao seu redor, e uma ruazinha somente para pedestres. Subimos a rua e, eis que encontramos a Casa de Oswaldo Cruz. Outro ponto interessante de São Luiz do Paraitinga. Ali viveu o mais famoso sanitarista do Brasil e hoje, lá funciona a Biblioteca Municipal e a Casa do Artesão.

Casa Oswaldo Cruz
Casa Oswaldo Cruz

 

Começamos a subir a ruazinha ao lado da casa Oswaldo Cruz, onde havia uma placa indicando Mirante do Cruzeiro e Mirante da Torre. Então perguntamos a uma moradora se estes pontos estavam muito longe. A resposta foi “bastaaante”…rs. Então voltamos e pegamos o carro.

Seguimos com o carro pela rua em frente ao Mercado Municipal e viramos a esquerda no final dela. E no final desta rua, viramos a direita. Subimos mais um pouco e então, chegamos ao mirante do cruzeiro. Neste ponto é possível visualizar a cidade lá em baixo, mas a vista não é tão bonita.

Casas do Centro Histórico de São Luiz do Paraitinga
Casas do Centro Histórico de São Luiz do Paraitinga

 

Queríamos ter uma visão mais ampla da cidade, então entramos em uma ruazinha bem estreita em frente ao Cruzeiro. E subimos, subimos e subimos mais um pouco. Cinco minutos depois estávamos no mirante da Torre. A visão lá de cima é linda. Difícil…é descer de lá. A ruazinha é mega estreita, íngreme, e cheia de curvas, só passa um carro por vez. Se encontrássemos outro carro no caminho? Meeeedoooo!!!! Rs. Detalhe, não há proteção nas laterais, se perder a direção, é o abismo…rs. Depois percebi que talvez fosse melhor ter subido a pé…rs. Mas valeu a pena, pela vista. Mas fica a dica, suba a pé, não é tão longe.

Ruazinha de acesso ao Mirante da Torre
Ruazinha de acesso ao Mirante da Torre

Mirante da Torre - São Luiz do Paraitinga
Mirante da Torre – São Luiz do Paraitinga

O que fazer em São Luiz do Paraitinga em 1 dia

Mercado Municipal – é um lugar simples, mas com uma construção antiga datada de 1835. O mercado possui algumas lojinhas onde pode-se encontrar queijos, doces, artesanatos entre outros produtos.

Igreja do Rosário – construção do século XIX, fica no topo de uma ladeira, na rua lateral do Mercado Municipal. Nela são realizadas quermesses, e nos fundos há um pequeno cemitério.

Igreja Matriz – também construída no século XIX. Fica na rua paralela à rua da Igreja do Rosário. Uma construção enorme bem no no meio do centro histórico.

Praça e Coreto da Igreja Matriz – em frente da Igreja Matriz está a praça central e o coreto.

Capela Nossa Senhora das Mercês – uma capela simples, construída em 1814 com direito a mini praça. Com uma rua lateral que dá acesso a outro ponto turístico.

Casa Oswaldo Cruz – outra construção em estilo colonial, em taipa de pilão. Taipa de pilão são  blocos feitos com barro e estrume (isso mesmo). Este material era utilizado para que a fibra ingerida pelos animais dessem maior resistência aos blocos. Estes eram socados com pilão e levavam de 3 a 6 meses para secarem e mediam 1m x 1m. Hoje na Casa Oswaldo Cruz, funcionam a Biblioteca Municipal e a Casa do Artesão.

Mirante do Cruzeiro – ponto alto da cidade onde existe um cruzeiro e um mirante de onde se tem uma vista interessante da cidade lá em baixo.

Mirante da Torre – este é o ponto mais alto da cidade. Entrando por uma ruazinha bem em frente ao Mirante do Cruzeiro, basta seguir em frente, a rua é bem estreita e com depressões. De lá se tem um vista incrível da cidade e da região montanhosa.

Igreja do Rosário - São Luiz do Paraitinga
Igreja do Rosário – São Luiz do Paraitinga

 

Pelas Ruas de São Luiz do Paraitinga
Pelas Ruas de São Luiz do Paraitinga

Quando estava montando meu roteiro para São Luiz do Paraitinga, busquei informações no site oficial da cidade, e outras no Viaje Aqui. Há muito mais para conhecer e fazer na cidade. É possível fazer trilhas, rapel, conhecer cachoeiras e fazendas. Há duas festas que são muito populares na cidade o Carnaval, que é tradicionalmente com marchinhas antigas, e a festa do Divino que ocorre em Maio, entre outras.

Há poucas opções de lugares para ficar em São Luiz do Paraitinga. Então se pretende ir para lá em alguma das festas tradicionais é bom fazer reserva com bastante antecedência. Neste link você encontrará algumas opções de hotéis e pousadas.

Estas dicas sobre São Luiz do Paraitinga são uma opção simples de viagem para descansar, buscar paz e tranquilidade. Sem deixar de encontrar  lugares interessantes para conhecer e atividades ao ar livre. Caso tenha mais alguma dica sobre a cidade, ou tenha alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo. Terei prazer em responder. Até o próximo post, onde vou contar para vocês como foi meu reveillon em 2015.

 

[contact-form-7 id=”1510″ title=”Contact form 1″]

 

 



Booking.com

3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 3 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 3 Flares ×
Seguir Alessandra Lima:

SEO e Redatora

Sou Alessandra, uma pessoa apaixonada por viagens. Sou formada em Comércio Exterior e escrevo o blog De Cá Pra Lá desde 2014. Adoro ler e tirar fotos, principalmente das paisagens dos novos lugares que conheço. Seja bem vindo ao blog De Cá Pra Lá.

4 Responses

  1. Anonimo

    Muito legal. Bom citar tambem que a rua de pedra ao lado da Igreja de N.S. das Merces que leva a casa Oswaldo Cruz que agora é um museu é uma rua antiga construida pelos escravos na mesma época

Deixe uma resposta